6 de mai de 2012

Desespero é Falta de Fé



No Livro de Êxodo temos o relato de como Deus libertou os hebreus do cativeiro egípcio. Após a travessia do Mar Vermelho, com os pés enxutos, havia ainda o Deserto para ser vencido. E durante a peregrinação o SENHOR concedeu literalmente sombra e água fresca; além do alimento, obviamente.  Estava tudo sob controle, faltava apenas entrar na terra que mana leite e mel. A terra prometida: Canaã. Bem que eles poderiam cantar: “Desesperar jamais! Aprendemos muito messes anos. Afinal de contas não tem cabimento entreagar o jogo no primeiro tempo. Nada de fugir da raia. Nada de morrer na praia. Nada de esquecer...”

Quando encontraram Canaã, doze espiões foram enviados para observarem o território e contar tudo o que viram. O lugar era tão frutífero que um cacho de uvas precisou ser carregado por duas pessoas (Nm 13:23). Só que por aquelas bandas, habitavam vários povos que haviam construído cidades fortificadas para si. Eram nações guerreiras, estabelecidas ali há décadas, e que contavam com bons soldados. Eram homens de grande estatura. Para conquistar aquele pedaço de chão era preciso lutar. “Desesperar jamais! Cutucou por baixo o de cima cai.”

Calebe, um dos espiões, falou confiante: “Prevaleceremos!” (Nm13:30). Todavia, os seus companheiros relataram que em Canaã moravam gigantes e que a terra consumiria seus moradores. Devido a essas palavras negativas e apavorantes, bateu o desespero. Os israelitas quiseram voltar para o Egito, estavam todos com medo de morrerem ali, pela espada dos seus inimigos. Calebe, junto a Josué, tenttou acalmar a todos, mas quase foi apedrejado pela multidão ensandecida.

“No balanço de perdas e danos, já tivemos muitos desenganos, já tivemos muito o que chorar. Mas agora acho que chegou a hora de fazer valer o dito popular: Desesperar Jamais!” Essa canção do Ivan Lins reflete o pensamento de Calebe e Josué. Eles eram confiantes por tudo que já tinham presenciado: As maravilhas de Deus os guiando com Sua mão forte. Já o povo, este que entrou em desespero, perdeu totalmente a fé; incrédulos no poder divino, fraquejaram. Lembre-se que o desespero é a falta de fé, e sem ela, não há como agradar o Todo-Poderoso (Hb 11:6). E que isto sirva de lição: os desesperados, aqueles que murmuraram, não entraram na Terra que foi conquistada logo em seguida (Nm 14:23)...


Nenhum comentário:

Postar um comentário